Quem Somos

O Instituto A Mulherada é uma entidade de direito privado da sociedade civil sem fins lucrativos do movimento negro de mulheres, fundado em 2001, a partir da identificação das demandas de muitas de suas integrantes  e da  situação vulnerabilidade  social da população feminina de Salvador.

Por identificar que mulheres integrantes do grupo sofriam violência doméstica  e familiar,  decidimos estarmos presentes nas frentes de batalhas para a construção da cidadania plena das mulheres, com isto A Mulherada é uma entidade referenciada por sua  dedicação na defesa dos direitos humanos das mulheres,  possui um bloco Afro de Carnaval que não se descuida de sua responsabilidade social,  que desfila com temas de empoderamento feminino e de preservação da Cultura Afrodescendente, além de uma banda feminina, cuja as letras  das musicas, propõem o engajamento da sociedade em prol dos direitos das mulheres, porém com tanto esforço e dedicação não recebe com frequência  verbas para a realização de suas ações afirmativas, dificultando a continuidade de projetos e com isso estamos sempre recriando estrategias.

Missão: Lutar pela defesa dos direitos humanos das mulheres em situação de violência doméstica e familiar, especialmente às mulheres  negras em situação de vulnerabilidade social, sem oportunidade de emprego e pela inclusão educacional e profissional das mesmas.

 

Visão : Aceitar o desafio de intervir  na sociedade  para a mudança  do cotidiano da violência doméstica e familiar  contra as mulheres com ações que possam coibir, prevenir e erradicar. 

Valores:  Solidariedade,  Sororidade, Honestidade,  e Prosperidade mútua. 

 

Meta:  Adquirir parceiros e voluntários  para execução projetos  de apoio as mulheres, no sentido de romperem  com o ciclo do silêncio que se inicia com a submissão e dependência, culminada muitas vezes no óbito.

Empoderamento feminino : Elaborou o livro Mulheres do Vento Mulheres do tempo com o perfil de 100 mulheres negras em 2005 com o apoio da Fundação Palmares, Fundação Gregório de Matos e da SPM Municipal , o livro é relançado em 2012 com o apoio da secretária de Cultural do Estado da Bahia.

 

Movimento negro: Implantou a instalação da estátua de Zumbi dos Palmares na Praça da Sé em 2018 com o apoio financeiro do Fundo Nacional de Cultura 

Reconhecimento internacional:  O Instituto A Mulherada, em 2004  participou com a banda de percussionistas  no 19th Annual African Market Place & Cultural Faire a convite Centro William Grant Still na cidade de Los Angeles, EUA, este evento  teve como objetivo promover o desenvolvimento da diáspora Africana. 

©2019 by Instituto A Mulherada. Proudly created with Wix.com